segunda-feira, 29 de abril de 2013

Profissionais brasileiros estão na lanterna quando o assunto é nível de inglês


Perdemos, inclusive, para os emergentes Rússia, China e Índia

Inglês ruim oferecido nas escolas influencia na formação dos alunos

Os profissionais brasileiros têm um dos piores níveis de inglês do mundo. É o que mostra uma pesquisa da GlobalEnglish, especializada em softwares e soluções de inglês para negócios. De acordo com o terceiro e mais recente levantamento, num ranking de 78 países, ocupamos a 70ª posição. 

De 1 a 10, obtivemos nota 3,27. Apesar de ser maior que os 2,95 registrados em 2012, na América Latina ficamos atrás de locais como Venezuela (3,39), Peru (3,88), Bolívia (3,92), Argentina (4,92) e Uruguai (5,03). Também perdemos para os emergentes Rússia (3,95), China (5,03) e Índia (6,32).

Na opinião do diretor da GlobalEnglish no Brasil, José Ricardo Noronha, o nível muito baixo de inglês pode afetar a nossa capacidade de atração de investimentos e de produção dentro das empresas, além de influenciar a capacidade de companhias nacionais e multinacionais de aproveitar grandes talentos. 

Leia o resto da reportagem neste link.


Nenhum comentário:

Postar um comentário